O Projeto Luteratura nasceu do meu interesse em hibridizar duas coisas na qual tenho grande interesse. Literatura e Luteria. Duas atividades aparentemente díspares mas que, acredito eu, possuem mais semelhanças do que se pode inicialmente concluir a primeira vista.

Luteratura –  Projeto Pessoal de Pesquisa
Correio Brasiliense – Matéria Especial, com texto e foto, para o caderno de aniversário de Brasília (2013)
Pesquisa e Projeto Gráfico para o Museu Villa-Lobos

Luteria é a arte de construir e reformar instrumentos musicais, quaisquer que sejam eles, fazendo-os aptos para serem tocados. Apesar de meus dois pais serem músicos, profissionais que efetivamente estão em contatos com os luthiers, pouco eu sabia sobre eles, sua atividade e toda a sua tradição. Por incrivel que pareça, em um dia de 2011 eu acabei entrando em contato com um, movido  pelo tempo livre que só uma pós graduação, curiosidade jornalística e algum tempo livre podem criar e acabei fazendo um acordo. Ele precisava de alguém para ajudá-lo com um projeto gigantesco que sentia que não conseguiria fazer sozinho e eu, muito mais humildemente, de algum assunto para criar conteúdo/saciar a curiosidade/esquecer um pouco do mundo acadêmico.

Durante quase um ano trabalhei semanalmente com Nilton Camargo em sua oficina no centro do Rio, ajudando-o com sua pesquisa ( que de pouquinho em pouquinho colocarei aqui)e até mesmo aprendendo os básicos de construção e restauração de instrumentos, que no caso dele eram os de corda, tais como os da família dos violinos. Foi a partir dessa experiência, tão estranha a um jornalista, que comecei a desenvolver a ideia primordial daquilo que veio a ser esse blog.

Infelizmente, Nilton faleceu súbita e tragicamente em junho de 2012, deixando mais do que apenas instrumentos, mas também amigos e familiares inconsoláveis com sua falta. Prometi para mim mesmo que continuaria sua pesquisa do jeito que eu pudesse, ao mesmo tempo em que tentaria mesclá-la com os meus interesses acerca do assunto e de como expô-lo ao público de forma entendível.